Bem vindos ao Roller-Coaster, diário e site pessoal, goodies disponíveis (poucos, mas com o tempo aumenta).
Versão 6.0 - Selena Gomez ♥ The Music
Programas usados - Photoshop CS5, Adobe ImageReady, Google Chrome, Bloco de Notas
[+]


O menu continua lá em cima, acho mais prático e mais vísivel (:


Danny tem 15 anos, vai pro Segundo Ano do Ensino Médio. Cada vez mais percebe a pressão para ser alguém na vida e já ta de saco cheia disso. Webdesigner nas horas vagas, mas sua "profissão" é tentar ser a melhor amiga que alguém pode ter. Ama seus amigos, tem uma família quase perfeita. Com três vícios que são extremos: Jonas Brothers, Selena Gomez e Demi Lovato [+]





Loucos online:
Total: visitantes


Arquivo

17/07/2011 a 23/07/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
10/04/2011 a 16/04/2011
20/02/2011 a 26/02/2011
06/02/2011 a 12/02/2011
23/01/2011 a 29/01/2011
09/01/2011 a 15/01/2011
26/12/2010 a 01/01/2011
19/12/2010 a 25/12/2010
14/11/2010 a 20/11/2010
12/09/2010 a 18/09/2010
22/08/2010 a 28/08/2010
15/08/2010 a 21/08/2010
27/06/2010 a 03/07/2010
25/04/2010 a 01/05/2010
04/04/2010 a 10/04/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
28/02/2010 a 06/03/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
31/01/2010 a 06/02/2010
24/01/2010 a 30/01/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
03/01/2010 a 09/01/2010
20/12/2009 a 26/12/2009
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
30/08/2009 a 05/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008



"I'll walk this alone, and face this truth. Mom, I'm coming home, home to you. No goodbye this time, no kisses to. Ginny, please, don't you cry. You know I'll always love you"

Open at the Close - Oliver Boyd and the Remembralls

Acabou. Acabou. 10 anos da minha vida se acabaram, foram embora. Não terá mais toda a ansiedade por mais um filme, mais um livro. Pra alguma novidade. Tudo o que tinha pra acontecer, aconteceu. Eu não consigo acreditar. Eu fui na pré estreia, quinta feira, e hoje, terça feira, foi o único dia que me senti confortável de vir postar aqui. Porque eu simplesmente senti uma parte de mim sendo sugada, estraçalhada, quebrada, pisada, na hora que tudo acabou. Sai do cinema ainda chorando, com os olhos vermelhos. Sentei para esperar todo mundo e algumas lágrimas ainda caiam. Por que teve que acabar? Era o único fio de esperança que minha infância durasse pra sempre. Mas não, acabou. Ta na hora de levantar a cabeça e enfrentar o mundo, não é? Mas eu não quero. Não quero porque eu tenho medo. E eu seria uma tola se não tivesse. 

Mas enfim, o filme foi perfeito. Chorei. Muito. Eu entrei no cinema e a retrospectiva começou a passar. E lembrar da primeira vez que entrei no cinema pra assistir Harry Potter me fez cair em lágrimas. E todo mundo me chamando de idiota. Porque não foram eles que desde os 6 anos de idade acompanhavam Harry Potter. O primeiro livro que eu li foi Harry Potter. O primeiro vício foi Harry Potter. Meu primeiro amor de fã foi Harry Potter. Mas depois eu me controlei, não chorei. Até aquela maldita hora do Snape (contém spoilers daqui pra frente, okay?). Quando Harry entrou na mente do Voldemort e ele estava conversando com o Lúcio, eu já comecei a chorar. Sabia o que viria. E me deixei encolher na cadeira do cinema, abaixar a cabeça e chorar. Chorar que nem um bebê. "Milorde, the wand answers to you, and only to you." Porra, ta chegando. "No, Severus, it doesn't! You killed Dumbledore. I must kill you". PORRA. Chorei, e chorava a cada investida da Nagini nele. E quando ele começou a chorar: "Take... Take them!" referindo-se as lágrimas. "Look at me... You have your mother's eye". Eu soltei um urro de dor naquela hora. Uma dor vinda do coração. E depois nas lembranças dele. Quando ele encontra o corpo da Lily e fica chorando, abraçado a ela. Me senti tão... Mal. Com o coração partido.

Depois que tudo acabou, eu me controlei. Porque sabia que viria mais pra frente. Tentei não chorar na hora que ele se despede do Rony e da Hermione. E quando ele abriu o pomo e apareceu a pedra da ressureição... E os pais apareceram, e o Remo, e o Sirius. Poxa, eu chorei. Eu não me controlei, e deixei as lágrimas rolarem livremente. Óbvio que eu sabia o que ia acontecer a seguir, mas do mesmo jeito. Era tão lindo. Tão... Especial. Mas acabou. Tudo acabou. E eu fui assistir ontem de novo com a minha mãe e chorei nas mesmas partes. E ela riu de mim. Riu da minha dor. E perguntou se eu lembrava de quando eu tinha ido assistir pela primeira vez Harry Potter. E eu disse que sim. Que tinha sido a dez anos atrás, eu tinha 6 anos de idade, mas lembrava. De tudo. 

Ah, a música lá de cima é linda. Procurem. Oliver Boyd and the Remembralls é uma banda de Wrock (Wizard Rock). Suas músicas falam sobre Harry Potter, todas elas. Open at the Close, End of an Era e Without you são as mais lindas. Acreditem em mim. 

It's been long time coming, but we've made it this far.
Others might not understand, but that's alright, 'cause we know there's more to it.
This ain't like anything else we've ever experienced, and frankly, I find that amazing.
Now some could say that it's a fad, that it's a trend, that someday, it'll all fade away.
But I don't believe that. In such a short period we've made bonds that will last lifetimes.
And I'll be damned if I allow myself to let go without a fight.
This phenomenon is blind to age, gender, race, and location.
So even though we've reached the end, it's not over yet.
We'll still have each other. All the friendships, and all the laughs.
And when it seems dark, we'll all be there with out stretched hands.
Life's a funny thing. It can present you with surprises around every corner.
No one knows what tomorrow will bring, but we can hope that it brings us all a little bit closer.

Last Call - Oliver Boyd and the Remembralls



- Postado por: Danny às 12h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Olá, como vai? (: Eu ando bem, obrigada. Apesar de uns altos e baixos, levando a vida. Tipo, é dificil, mas tem aquele joguinho de cintura MÍTICO pra conseguir fazer tudo (: Estou cansada e preciso de férias, isso ta estampado na minha cara. Só passar o encontro do AGAPE, que é, não nesse, no outro fim de semana, que já me alivia bastante, você não tem ideia. Estou tão sobrecarregada que antes de ontem eu não consegui dormir direito. Dai eu acordei, ainda morrendo de sono, óbvio, e fui pro colégio. Quase fui pra fora em umas 3 aulas por dormir. Foi só na última aula do dia, de Física, que eu consegui pregar meus olhinhos por uns 10 minutinhos e dar uma cochilada... E olha que o professor grita pra cacete nessa aula... E EU CONSEGUI DORMIR. Uau. Era pra eu estar na igreja agora, mas hoje decidi tirar uma folga. Estou tendo ensaios, todos os dias, por causa da Crisma. Irei cantar na missa da Crisma. Sábado que vem. Vai ser tão legal, yey. Estou ansiosa, e nervosa. Tenho medo de errar. Mas ok. Daqui a pouco irei dormir, porque já estou bocejando e coçando os olhinhos de sono.

NOSSA, ESFRIOU *-* QUE LINDO

Eu odeio calor. A gente fica grudendo, sua pra cacete, não fica cheiroso o dia inteiro e as roupas não são tão bonitas. Inverno é bem melhor. Seu cabelo não fica oleoso tão rápido, você não tem tantas espinhas, você não fica pingando de suor, o cheiro do ônibus fica mais agradável, pra dormir é melhor: só se cobrir, virar de lado e capotar na cama. No calor não. Você se cobre, vira de um lado, vira do outro. Um mosquito passa na sua orelha. Você tira o mosquito. Se descobre. Começa a ouvir barulinhos de baratas andando fora de casa E dentro de casa. Se irrita. Vira de lado de novo. Mais um mosquito. Só depois de um bom tempo você consegue dormir. E ainda acorda com o cabelo todo suado. Eca. Eu adoro frio. Amo frio. Acho que devia ser inverno o tempo todo. Um dia eu vou, sei lá, pro Canadá, e passo um tempão lá. Ai que delicia *-*

Sairam duas músicas novas... BANG BANG BANG, da Selena (vicio, amo/) e See no More, do Joe. Que eu achei que ia ser uma bosta, já que, vou ser sincera, venho me decepcionando e "parando" de amar o Joe igual eu amava antes. Sei lá, acho que eu cresci, comecei a não gostar das atitudes dele. Além dele estar com cara de sujo e cabelinho de bosta. Se ele tirasse a barba e voltasse com o topetinho normal dele, a gente podia começar a conversar. Eu sei, é feio falar isso, mas é verdade. Desculpa. Sou poser nesse sentido sim. Eu ainda adoro ele, mas já cansei, sabe? Cansei dos "escândalos" envolvendo ele, cansei das diversas namoradas dele, CANSEI DO FOGO NO CU DELE. Ai, revoltei USGDSUIAGDYUGDASYUAGSDASD

Mas por hoje é só gente. Milbeijos.



- Postado por: Danny às 19h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oi gente. Uau, quanto tempo sem postar. Eu juro, tentei, mas nada saia. E eu nem faço ideia do que vou falar nesse post, mas ok. 

Eu ando meio muito cansada esses dias, Jesus. Vamos começar por partes. Não falei do carnaval, uau. Meu carnaval foi mais ou menos. Fui pra fazenda com a Gabriella, a gente entrou na piscina, mesmo que tivesse frio e depois de tipo, 2 dias, a gente já ficou entediada. Não tinha nada pra fazer. Ok. Voltamos pra Londrina. Na quarta, um dia depois de voltar, pronto. Tive dor de cabeça e febre e um pouco de diarreia. Fui pro hospital as 7 da noite, sai de lá as 3 da manhã, sem saber o que eu tinha. Na quinta não fui pro colégio pra ficar de repouso. Na sexta, eu fui, mas foi chegar em casa, que voltei a ter febre. Ê delicia. Sábado de manhã voltei pro hospital com febre de 39 graus. E até agora não sei o que eu tive. Mas eu emagreci com toda essa brincadeira de ficar indo no banheiro de 2 em 2 horas. Sério. Tinha dia que eu não conseguia dormir. E teve outro que acordei de madrugada com febre de 39.9ºC. Imagina meu desespero. Tomei banho gelado, fiquei quase pelada pra ver se conseguia liberar o calor do corpo. Depois de meia hora, fui medir e tinha abaixado pra 39º. Alívio UDSAHDSUAHDASUHDASUAS. Estou melhor, obrigada UASUASHUSDAH

E COMEÇOU A CORRIDA DO FESTIVAL CULTURAL NO COLÉGIO. É, esse ano vai ser em julho, e já começamos a planejar nossas coisas. Esse ano, o tema geral é "Brasilidade". E o tema da minha sala é "Identidade e Individualidade". Peguei liderança do painel. Já comecei a pesquisar o que a gente vai fazer, professor de história e sociologia vai ajudar nossa sala <3 Vai ser bem legal. Ainda não tive muitas ideias, mas com o tempo a gente consegue, tenho certeza. Eu e meu amigo fizemos um trato. Esse ano, 1P2 e 2P2 vencem esse festival cultural. E tenho dito. Esse ano a gente vai arrassar. Vai sim, yey! SUHDSAUDSHUDASHSUDHUDASHASDUH De resto, o colégio ta indo. Tenho que estudar. Mas mano, eu estudo e minhas notas caem, eu não estudo, e vou bem. Quem entende? Quem? Ninguém, wow! Sou foda demais, fala sério. Mas ok, vou ver o que ta acontecendo comigo e reverter no proximo bimestre algumas notas que virão baixas esse bimestre.

Ah, outra coisa. 

Estou apaixonada

 

Só não irei falar por quem :F

Ah, estou em depressão. A abertura de U2 foi Muse, e eu não sei se eu já citei aqui, mas eu AMO Muse. A-M-O. Gabriella foi no show ontem, me ligou no meio de Time Is Running Out, que é uma das minhas favoritas. GENTE, EU GRITEI, CHOREI, ESPERNEEI NO TELEFONE, agora imagina ao vivo. Preciso ir num show deles antes de morrer, sério. <3



- Postado por: Danny às 16h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Era pra eu estar estudando biologia, amanhã tem prova. Mas sério, não aguento mais estudar. Já estudei umas 2 horas hoje. Então, eu vim aqui falar de uma coisa que eu falo todo ano. Regime. Dietas. Peso. AAAH. 

Da última vez que eu fiz regime, eu NÃO segui ele. Eu emagreci, mas depois desanimei, e parei de seguir o regime. Agora, por vários fatores, eu decidi voltar. Não irie citar os fatores porque os ~~fatores~~ podem ler esse post e dai não vai dar muito certo, lol. Enfim. O mesmo regime que eu tava seguindo antes, eu to seguindo agora. Com algumas alterações. Eu me permito um pouquinho de doce depois do almoço, porque cara, sobreviver sem doce não da certo. Todos sabem disso. Dai, depois, eu volto a comer lá pelas 4 horas. Fruta, um cházinho, leite semi-desnatado. Depois, eu janto. É, acho que dessa vez vai. Além do que, eu vou começar a fazer natação e eu to usando um negocio que é o "pó de feijão branco". Comecei a usar ele hoje. Dizem que ele diminui a retenção de carboidratos, isso faz com que você não acumule muita gordura. Dizem que emagrece, e muito. Vamos ver se da certo né?

No começo do post, citei que eu devia estar estudando. Pois é, devia mesmo. Mas cara, eu já estudei tanto. Fiquei uma hora fazendo o resumo. Fiz o seguinte esquema: Eu escrevi tudo o que eu lembrava, e depois, tópico por tópico, eu pegava meu caderno, e corrigia e/ou acrescentava. Posso dizer que foi um modo bem eficiente. Lembrei de quase tudo, acho que vou bem nessa prova de biologia. Ah, é verdade, eu sempre vou bem, :F

Mas brincadeiras a parte... Sabe aquela listinha de resoluções de fim de ano, tipo: "esse ano eu prometo estudar"... PELO PRIMEIRO ANO NA MINHA VIDA... EU ESTOU CUMPRINDO. Me sento tão orgulhosa, porque nunca tive coragem de pegar e estudar pra valer. Mas esse ano, bem, ta diferente. Só quimica que eu me RECUSO a estudar. Aquele professor é um chato, tem voz de gay (nada contra, mas sabe, depois de ficar ouvindo ele falar 45 minutos, irrita), acha que a gente é burro, tem que fazer uma regra de três ETAPA-POR-ETAPA, exercicio que eu resolvo em 3 minutos, ele demora 10. Ai fica dificil prestar atenção. É muito mais útil ficar jogando stop na aula .-. 

Oh yeah.



- Postado por: Danny às 20h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




MINHAS AULAS VOLTARAM. UHUL. Como eu dormi algumas boas horas de tarde, eu estou sem sono nesse exato momento. Não custa nada eu contar um pouco de como foi o meu primeiro dia. Então, sentem-se, porque...

Cheguei no colégio e já fui vendo muitas pessoas conhecidas no começo. Me senti like a boss, a maioria era de outros colégios que tinham mudado para o meu. Então, bem, eu era a boss naquele pedaço. Com certeza. Descobri que fiquei na mesma sala de antes, o que era bem legal, já que todo mundo que eu conhecia era da minha sala. Uhul. Revi meu amigos do coração. Eu amo todos eles, amo mesmo. Enfim, pularemos essa parte. Eu comecei com aula do Dílson. Aula de gramática. Nem foi tão ruim, ele ficou falando sobre o blog, falou sobre um monte de coisa, e as coisas foram se seguindo. Depois a gente teve biologia, se não me engano. Uma das minhas favoritas. Minha reação quando ele falou da matéria desse ano:

Fomos para o intervalo. Fui ficar um tempo com meus amiguinhos do primeiro ano. Porque agora eu sou do segundo ano, just like a super boss. Mostrei o colégio pra elas, e tudo mais, foi bem legal. E eu ganhei sorvete. UHUL. Depois foi matemática. EU achei que o professor ia ser pior, mas ele não é tão chato na sala de aula, e eu acho que esse ano eu consigo passar tranquila em matemática, amém senhor. Depois tive química. Química. Tenho uma relação de amor e ódio. Eu vou bem em química, mas odeio a matéria. Pois é. Intervalo de novo, peguei mais sorvete :F Fiquei conversando com o povo do segundo ano, afinal, eu sou do segundo ano. Beleza. Depois tivemos laboratório <3 EU AMO LABORATÓRIO. Eu odeio a parte teórica da bagaça, mas fazer as coisas explodir é minha paixão, minha maior paixão. Até mais que música. Me senti em casa. Enquanto todo mundo reclamava, eu pulava de felicidade.

Enfim, depois a aula acabou, voltei pra casa e notei como dormir até 12h me fazia falta. Mas ok, estou gostando *-*



- Postado por: Danny às 22h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Aquela vadia está passando dos limites. Eu juro que um dia eu vou bater nela, com TANTA força, com TANTA FORÇA, que ela vai precisar de 2 médicos. Um pra tirar meu punho do buraco que vai ficar na cara dela, e outro pra reconstruir a cara dela. Eu vou dar uma de Demi Lovato. Aparecer, socar, sair e sentar. Just like a boss.

Primeiro de tudo, que todo o grupo já sabe que eu já sai da animação. Menos ela. Eu, com a garganta fodida, fui obrigada a cantar na animação hoje. MAS EU NEM SOU DA ANIMAÇÃO. Isso me tirou do sério. No meio das músicas eu comecei a tossir, e minha voz começou a falhar. Grau de irritação: 2 de 10. 

Depois, ela ficou me encarando com aquela cara de merda dela. Aquela maldita cara de: "Eu sou melhor que você, sempre serei, bitch". Vou apresentar meu punho pra sua cara, ai quero ver quem é a melhor. Nisso eu comecei a me irritar, DE VERDADE. Decidi ignorar. Até chegar o final de reunião. Eu SINTO a inveja EXALANDO dela. A inveja da amizade que eu tenho com os meninos, o que me faz ficar pendurada no pescoço deles, e ninguém me chama de vadia, porque sabem que eu sou amiga deles. Já ela, já ta com fama de rodada, ou seja, ela fica pendurada no namorado dela, olhando com cara de tacho pra todo mundo. Combinando perfeitamente com a cara de bunda que o namorado dela tem. 

Dai o Cauê foi me mostrar o amassado que fizeram no carro dele, e a gente começou a conversar encostado no carro dele. Ela chamou a Karina, minha amiga, e começou a falar que ela ia começar a mexer no som na missa de quarta. WHAT? VOCÊ NEM VAI NAS MISSAS DE QUARTA DIREITO.

Perguntei pra Karina porque, e ela me vem com a resposta que é porque na ultima missa que eu fui e eu fiquei encarregada do som, o meu microfone ficou muito alto (o meu microfone sempre fica no minimo, olha só), o do Marchilesvisk ficou alto demais (ele era o único menino, óbvio que o microfone dele tinha que ficar um pouco alto, pra aparecer) e o dela e da amiga dela, não deu para ouvir. WHAT AGAIN? Os delas eram os mais altos, e eu não to brincando. Os delas ficaram quase no ÚLTIMO. WHAT? A culpa é MINHA se eu, biologicamente, tenho o corpo mais preparado para cantar e minha voz sai mais alta? É CULPA MINHA SE ELA NÃO ABRE A BOCA PRA CANTAR? 

NÃO CAPETA, NÃO É!

E depois ela ainda falou que eu canto mal, e que minha voz não merece aparecer.

Espero, sinceramente, que você morra.




- Postado por: Danny às 20h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




ME-TIREM-DESSE-TÉDIO, PELO AMOR DE DEUS. Já não aguento mais, quero AULAS de novo. 

WTF DANIELE, VOCÊ PEDINDO PRA VOLTAR AS AULAS?

Yeah. Vou contar uns segredinhos pra vocês. Eu amo meu colégio. Se eu pudesse, eu MORAVA no meu colégio. A biblioteca é um paraíso, a comida da cantina é DELICIOSA, a piscina é melhor ainda, e a academia é meu sonho de consumo. Eu amo ficar no colégio, amo ficar olhando pras árvores, sentada perto da fonte e ouvindo música, lendo um livro ou só... Olhando pras árvores e ouvindo a barulhinho relaxante da fonte. Eu amo aquele lugar. <3 O que estraga, bem, as pessoas que tem lá. Eu estudo no mais famoso colégio particular do Norte do Paraná, o Colégio Maxi. Os professores são demais, as aulas são ótimas, mas cara, a falsidade exala daquele lugar. Você passa perto do colégio torcendo o nariz, com o cheiro da podridão do ego das pessoas que ali habitam. Você acha que eu to brincando? UHUDAHDASUHASUSHUDASHUDSHDAS Não estou, melbem, aquele lugar é A reunião de pessoas metidas. Isso me faz querer entrar de férias o mais rápido possível. Isso e o negocio de ter que ficar acordando cedo todo dia, isso me mata.

Porque, por incrível que pareça, eu gosto de estudar. Só não estudo pra dar um cutucão no ego do meu pai, haha. Eu amo meus professores (com exceções, obviamente). Rony, Jaque, Fabeeeeenho (procurem no youtube e rachem de dar risada), Fábio D., Marcia Fu, Gabriel, Reinaldinho <3 São alguns que marcaram meus 7 anos naquele colégio. E desde a 3ª série eu estou na mesma sala. O que faz me enjoar de ver a cara deles todas as manhãs, me eu me contento, porque a minha sala é uma das que tem menos "egos gordos e inxados que não cabem na sala de aula". E eu não estou brincando. Posso contar nos dedos quantas pessoas te esnobam na minha sala. Existe, óbvio, mas é a sala com menos falsidade. A gente se odeia mesmo, e todo mundo sabe disso UDAHUADSHUDASHUDASHAUDSH. Mas as outras salas... Me dá vontade de vomitar só de olhar. Meninas nojentinhas, que te xingam, pisam em você e se acham superior.

Meu dedo do meio para vocês.

Mas fora isso, meu colégio é bem divertido. Você dá boas risadas e o ambiente é ótimo.

POR ISSO, EU TE IMPLORO, JANEIRO, PASSE VOANDO PARA AS MINHAS AULAS VOLTAREM E EU TER POSTS SOBRE COMO EU ODEIO A ESCOLA DE NOVO 



- Postado por: Danny às 00h14
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




OLÁ! 4 dias depois de eu ter começado uma reforma no blog, eu terminei. Como podem ver, muita coisa mudou. Layout, eu recuperei os arquivos do blog, arrumei o layout em todas as páginas internas. Deu MUITO trabalho, mas no fim, deu tudo certo. Hoje eu vim com novidades. A seção goodies começou a ficar boa. Além dos blends e icons, agora temos wallpapers e tutoriais (: Fiz tudo ontem de madrugada, e eu realmente ADOREI fazer. A parte dos blends é a mais divertida, então é a que mais tem atualização. Temos 6 novos blends: 2 da Emma Watson, 1 da Selena, 1 da Miley, 1 de Semi e 1 de Jemi. Na seção WALLPAPER, começamos com só 1. É da Selena Gomez e tem pra resolução de tela 800x600 e 1024x768. Logo eu venho com resolução para notebooks, porque eu sei como é dificil achar wallpaper da resolução dos notebooks. Na seção TUTORIAIS, temos 2 tutoriais para começar bem: Um é de como usar actions e o outro é como fazer blends. Os dois pra photoshop. Eu realmente espero que vocês curtam as novas seções, para começar o ano bem.

Fazer isso foi uma terapia para mim. Sempre que possivel eu venho com atualizações batutas (: Beijos gente.



- Postado por: Danny às 16h24
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Oi gente, tudo bem com vocês? Estava sem absolutamente NADA pra fazer e decidi que estava mais do que na hora de mudar o layout do blog. Essa versão estava no ar desde janeiro, fevereiro, não me lembro bem, mas era bem antiga. Demorei bastante pra decidir como faria, o tema já estava decidido, que era Selena Gomez and The Music (: Fiquei uma hora pra decidir como faria e o resultado final foi esse. Nas cores preto, cinza e dourado (: Ficou bem legal, eu acho. Não é cheio de coisa, bem clean e simples. As páginas internas (goodies e etc) estão em processo de mudança. Acho que vou continuar com ele por um tempo, gostei MUITO dele. Espero que vocês gostem também. Os goodies eu prometo dar uma melhorada e renovar, ta precisando né? Novos blends, icons e tals. Prometo vir com alguns free lays pra zip.net e alguns tutoriais até o final das férias. PROMETO (:

Espero que curtam gente. 

Boas festas, feliz natal, feliz ano novo, tudo de bom pra vocês e aproveitem bem as férias. Muita saúde, paz e o tudo mais. (:



- Postado por: Danny às 16h54
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




O fim da minha infância começou hoje de madrugada, as 00:00. 

Aos 6 anos de idade, decidimos ir para o cinema. Assistir o que? Eu queria MONSTROS S.A, meu pai e minha irmã... Harry Potter e a Pedra Filosofal. Um contra dois, ganharam. Fomos assistir o Harry Potter. A cada palavra, a cada magia, eu ficava cada vez mais encantada com o mundo totalmente novo e diferente que eu estava sendo introduzida. O mundo de Harry Potter. Então, assistimos o dois... Meu pai comprou os livros para a minha irmã e com menos de 10 anos me vi num vício incrivelmente fascinante que tenho até hoje. E a cada filme eu me apaixonava cada vez mais. Há nove anos, eu tenho um sonho. Sonho de receber minha carta de Hogwarts. Com 10, 11 anos, comecei a usar o computador e comecei a jogar os jogos de RPG em fóruns de Harry Potter e ler fanfics, aquilo era a minha maior felicidade. Eu amava, AMO AINDA. Então, os filmes foram saindo, os livros foram sendo lançados. Lembro do dia que fomos comprar Harry Potter e as Relíquias da Morte. Chovia muito em Londrina, minha mãe tava morta de cansaço... Mas a gente implorou, chorou, esperneou para que fossemos comprar o livro. Não tenho como lutar, é meu vício. Os livros acabaram, mas ainda tinham os filmes para ser lançados, e isso ainda resgatava a minha infância. E quando eu entrava numa sala de cinema para assistir os filmes, eu me sentia como se fosse aquela criança de 6 anos de idade, maravilhada por Hogwarts e que entra na sua própria imaginação. Foi assim que eu me senti quando as luzes do cinema se apagaram e a retrospectiva começou a passar.

9 anos. É uma vida inteira, é mais velho que minha irmã. Harry Potter faz parte de mim. Na retrospectiva, já senti meu olho arder e as lágrimas escorrerem. Eu não devia ser a única naquele cinema. Então, o filme começou. E as lágrimas não paravam de rolar. "Obliviate", Hermione sumindo das fotos, e Daniele chorando rios de lágrimas. "Nagini... Dinner", Daniele chorando ainda mais. E assim se seguiu o filme todo. Porque é o começo do fim da minha infância. Os filmes, que me faziam sentir como criança de novo, estão acabando. Ficou aquela sensação que amanhã, ou depois, eu vou voltar para o cinema, e vou assistir a segunda parte. Para chorar ainda mais. Para chorar feito um bebê, pedindo e implorando para o J.K. Rowling que prolongue minha infância um pouco mais. Draco Dormiens Nunquam Tittilandus. Malfeito Feito. Juro Solenemente não fazer nada de bom. Vocês tem que olhar PARA O ALÉM. Caraminholas na cabeça, Potter?. Não mostro sua face, mas o desejo do seu coração. Rabicho, Almofadinhas, Pontas e Aluado pedem ao Prof Snape que não coloque seu nariz enorme aonde não é chamado. Li em "Hogwarts, uma história". Você tem que fazer carinho nele. Trace ela, antes que ela trace você. Porque eu tenho algo por que viver. Harry Potter corre perigo.

Por que tudo tem que acabar? Por que a J.K. não pode escrever Harry Potter para o resto da vida dela? Por que eu tenho que ver minha infância se acabando tão lentamente? Queria um vira-tempo, aproveitar tudo o que eu vivi ainda mais, me apaixonar ainda mais, sonhar ainda mais, ser uma criança feliz, com uma imaginação fértil, onde ela estuda em Hogwarts, faz feitiços muito bem e sonha em ser um auror no futuro. Que tem vontade de bater no Snape, que acha que o cargo de professor de Defesa Contra as Artes das Trevas é amaldiçoado. Ser amiga da família Potter, ouvir contos de Beedle, o bardo, sonhar com as Relíquias da Morte e lutar contra bruxos das trevas em tempos ruins. Ir para a Zonkos e também na loja das Gemialidades Weasley. Ler o Profeta Diário, tomar cerveja amanteigada e visitar a casa dos gritos. Aprender a conjurar um patrono, jogar xadrez de bruxo, tomar poção polissuco, jogar quadribol. Tudo isso, tudo isso eu quero viver. Tudo isso eu queria que tivesse acontecido na minha vida. Espero que as gerações futuras possam ainda ouvir falar de Harry Potter e de como ele revolucionou o mundo fantástico, de como ele conquistou milhares de fãs pelo mundo inteiro. E quando eu for velinha, vou falar que minha infância durou até meus 16 anos, quando o fim chegou.

E tudo ficou bem. A cicatriz não mais doia.



- Postado por: Danny às 23h48
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Ontem, não sei que horas, mas foi ontem, o novo CD da Selena Gomez, intitulado A Year Without Rain vazou na internet. Fiquei sabendo só hoje, e eu sinceramente, estou viciada. É perfeito, é mara, é tudo. Tudo. Sempre achei que ia ser bom, mas não tão bom assim, me surpreendeu, tem tudo pra VÁRIAS músicas virarem hits. Vou fazer um review básico sobre AYWR, rapidinho, faixa por faixa. O CD tem como sua primeira música Round and Round, o primeiro single na divulgação do CD. Abre o CD com chave de ouro, o refrão gruda na cabeça: "Going round and round, we never gonna stop, going round and round (8)" num hit pop-dance. Logo depois, vem A Year Without Rain, música que dá nome ao CD, a favorita da Selly. Vem com vocais impressionantes mostrando o quanto Selena cresceu como cantora. Música maravilhosa, meio obsessiva, mas foi uma ótima escolha, sendo o segundo single do CD. A terceira música é Rock God. Se você tinha ficado impressionado com o vocal de Selena em AYWR, não sabe o que está por vir em Rock God. Parceira com Rock Mafia, essa música é uma surpresa pra todos. Com backing vocals de Katy Perry, é uma música que a própria Katy deu para Selly gravar. Uma música animada, e minha favorita no CD. Off the Chain, não tenho uma opinião sobre essa música ainda. No começo, não tinha gostado, e ainda to com uma pulginha atrás da orelha com essa música. Batida pop dance bem definida. É legal, mas ainda não estou totalmente convencida sobre isso. Summer's not Hot é a música que vem em seguida. Me lembrou músicas japonesas para o jogo "Pump It". É uma música divertida, animada, mas ainda assim, não curti muito, no meio de tantas músicas mais maduras, essa música chegou pra deixar o CD com cara de "infantil". Não sei, não gostei muito. Intuition é a próxima. É perfeita. Não tem como descrever, mas é uma daquelas músicas pra ninguém botar defeito. Spotlight é uma das favoritas de muita gente. Não minha. Eu gosto, amo essa música, mas me lembra Rogue, "olha quem vem virando a esquina, vem Diego (8)" é, não rola. Eu gosto, mas essa batida Rogue me fez não gostar muito dessa música. Ghost Of You vem para ser a baladinha do álbum, assim como "The Way I loved You" foi a baladinha do K&T. Com vocais impressionantes, a música veio realmente pra diminuir um pouco o ritmo do CD, e é perfeita. Depois de Rock God, minha favorita. Sick Of You aumenta a velocidade de novo, voltando ao ritmo pop-dance que a Selly se identificou tanto. É aquela música de revolta. Não preciso de você, vá embora. Ótima em dias de fossa pra dançar e esquecer de tudo. A versão normal do CD é fechada com Live like there's no tomorrow. Faz parte da trilha sonora de Ramona and Beezus. A versão deluxe conta com remix de Round and Round e AYWR, não curto remix, sou suspeita para falar. E também, tem a música Un Año Sien Ver Llover, que é a versão em espanhol de A Year Without Rain, que a única coisa que muda é o idioma.

Nota para o CD? 9,5. O CD está ótimo, mostra o amadurecimento da Selena musicalmente. Ela achou o estilo dela e investiu pesado nele, achou o tom certo para a voz dela e usou e abusou de mudanças de tom. Será que teremos um desempenho melhor que Kiss and Tell, que ficou 50 semanas no chart da Billboard? É, esperamos que sim :D



- Postado por: Danny às 21h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Eu prometi a mim mesma que ia voltar a escrever nesse blog, e olha eu aqui cumprindo a minha promessa, palmas pra mim :D Hoje vim falar de algo que esse ano se tornou uma paixão pra mim. Desde que entrei no Dicas de Garota (não se iludam, não é um mar de rosas trabalhar no Dicas), eu tinha que ficar por dentro de tudo. Tendências, colegas. Passava horas vendo blogs de moda, esmaltes e tudo que poderia virar um post lecal no blog do Dicas. Moda eu sempre gostei, mas nunca foi algo acessível para mim: acima do peso e não tendo acesso a 100% das tendências. Mas eu comecei a me interessar por esmaltes. Virou um vício. Mas, porra, minha unha sempre foi daquela de olhar e querer morrer de tão fraca que era. Qualquer batidinha, já quebrava, ficava torta, horrível. Achei que se começasse a fazer a unha toda semana resolveria.

Ah tá que resolveu .-. Eu tenho uma péssima mania de ficar colocando a mão na boca, toda hora, raspando esmalte, mordendo cantinhos e cutículas, e por isso minha unha ficava o ó depois de 2 dias de feitas. Meu sonho era ter aquelas unhas a la postiça, grandes, que você podia colocar qualquer esmalte que ficaria lindo. Então, um dia juntei meu dinheiro e comprei MUITOS esmaltes, que eu gosto, e que eu achei que não ia ficar descascando com o dente. Haha, mero engano colega. De três em três dias eu estava lá, pintando a unha. Em menos de um ano, comprei 32 esmaltes. TRINTA E DOIS ESMALTES. Todos que eu via na prateleira e falava: EU quero esse, vou usar quando minha unha crescer! Mas esse dia nunca chegou, minhas unhas sempre quebravam por eu ficar mordendo. Um dia eu dei um basta. Empolguei, fui na Leo Cosméticos e falei pra vendedora: "Quero aquele esmalte que deixa o gosto ruim na unha". Junto com ele comprei o Marina da Impala que estava DOIDA por ela desde SEMPRE. Cheguei em casa, mamãe já pôs seus dotes de manicure em prática e da-lhe Marina + Gosto ruim nas minhas unhas. Nas primeiras horas, eu ficava com aquele gosto amargo na boca, porque não resistia a tentação. Ai meu cérebro foi captando que o gosto era TERRIVELMENTE TERRÍVEL, e parou de mandar a minha mão até a boca...

E não é que deu certo? Hoje fui na manicure, com o maior orgulho de pedir pra ela lixar quadradinha porque, finalmente, elas estavam crescendo. E finalmente, minha paixão por unhas grandes e esmaltes baphonicos vai se concretizar *-* 



- Postado por: Danny às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Mais de um mês, quase dois meses que não posto aqui. Simplesmente não tinha vontade. Hoje me bateu inspiração e decidir vir aqui. Acho que esse blog devia se chamar: "minha vida como fã". Eu só posto sobre isso quase. Enfim, que seja. Ando meio numa montanha russa (ah, tive que falar isso). É um misto de sensações que eu não entendo. Uma hora, eu to feliz, outra triste, depois fico feliz, e depois desço pra depressão e ninguém me tira do buraco. Motivo, show dos Jonas. Eu quero ir, mas não quero ir. Eu quero vê-los de pertinho, mas olha o preço, 400 reais a meia, é impossível de eu ir. Ai eu vi as pessoas se estressando e decidi que não queria me estressar, e desisti do show. Mas agora foi batendo aquela real, mano, eles vão estar no Brasil e eu não vou. Eu não vou. Já chorei tanto, e estou chorando de novo. Eu amo demais os meus meninos, eles são um dos motivos pra continuar de pé e tudo que eu precisava era poder sentir tudo aquilo que eu tinha sentido com eles de novo. Mas simplesmente, não dá. Não dá. O preço, as condições.

Fã é um bicho que sofre. Sofre mesmo, de chorar rios de lágrimas. É verdade, não adianta tentar esconder. Sofre quando o ídolo começa a namorar, sofre quando o ídolo sofre, aguenta ataques emos, aguenta tudo, porque no final as coisas boas são MUITO melhores que as coisas ruins. Porque o sentimento que você tem ao ouvir uma música deles, ao ir num show, poder sorrir pra ele e olhar nos olhos, é indescritível. E, apesar de eu não ir para esse show em Novembro, eu estou feliz. Feliz porque sei que meu Joseph é maior de idade lá nos EUA agora, e cada dia vem crescendo mais, e se tornando um homem. Feliz, porque minha Demetria completou seus 18 anos. É uma mulher, uma linda mulher. Feliz, porque a Selena, a um mês atrás, completou os mais bem vividos 18 anos da vida dela. E por isso eu me orgulho. Me orgulho de vê-los crescendo e se tornando adultos, e saber que eu estou tendo os melhores exemplos que eu podia querer para a minha vida. Minha vida é abençoada por conhecer essas pessoinhas que alegram meu dia. Que, quando eu volto arrasada do colégio, querendo só socar a cabeça no travesseiro e chorar, eles estão lá. Eu posso ligar o computador, e a música deles me acalmam. E me acalmam de tal jeito, que eu me esqueço da minha vida. Esqueço dos problemas. Eles são a minha cura. É fato. Estou chorando que nem uma retardada agora, lembrando de todos os momentos, nesses 2 anos de "fanatismo". Foram os melhores dois anos da minha vida, e eu não me arrependo de nada. Não me arrependo das lágrimas derramadas, das risadas emitidas. Eu vou poder virar pros meus filhos e falar: "Eu vivi minha adolescência intensamente, eu ri, chorei, amei. E tive os melhores exemplos do mundo". É inevitável aquele sentimento de amor pelo seu ídolo. Nicholas é o cara ideal pra mim, e isso é fato. Tão fato, que hoje, depois de 2 anos ao "lado" dele, eu me tornei muito Nick Jonas, e isso é legal. Achei minha identidade. É com ele que eu me pareço, é nele que me baseio. Pode ser loucura, mas eu amo o Nick e ele foi meu primeiro amor. Ele foi aquela pessoa que antes de dormir me vinha a cabeça, o sorriso, os olhos. E eu olhava pra porta e via o poster lá, e eu chorava, por não ter ele ao meu lado, e orava, todas as noites: "Deus, protege minha família, meus amigos, o amor da minha vida. Não deixe que ele se perca. Eu o amo demais, e mesmo ele não sabendo disso, sempre vou estar aqui para secar as lágrimas dele, amém".  Foi a Demi que me ensinou que somos perfeitos do nosso jeitinho. Foi a Selly que me ensinou a valorizar os amigos. Foi o Joe que me ensinou o poder do riso. E foi o Kevin que me ensinou a ser uma pessoa melhor. Todos me marcaram, de um jeito ou de outro, e continuam me marcando, com cada música, cada entrevista, cada sorriso, cada foto. Eles são demais, e eu não podia ter pedido ídolos melhores. Defendo eles com unhas e dentes, e sempre vou defender. São meus anjinhos na Terra. Anjinhos que, junto de Deus, me guiam. Que falam na minha orelha naqueles dias em que a pressão parece estar insuportável. Eu ouço um "não faça isso" na voz de cada um, o que me faz repensar no assunto e ver que minha vida na Terra ainda tem sentido. Eles são meus guias, que estendem a mão para mim, me ajudam a levantar, me dão forças, mesmo não estando do meu lado. São eles que sabem de todos os meus segredos, conto tudo pro meus posteres a noite, haha. 

Depois desse post emotivo, eu me despeço. Meu rosto já deve estar inxado de tanto chorar. Amo vocês, meus guias s2



- Postado por: Danny às 22h47
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Eu tenho quase 15 anos nas costas e nunca, nunca mesmo, tinha sentido o que eu estou sentindo agora. Como já dito anteriormente, eu era (sou, estava, sei lá) apaixonada por um menino chamado Daniel, ele era do grupo da igreja e eu simplesmente sentia a necessidade de ficar perto dele e quase morria quando ele me ignorava. Eu realmente achava que estava apaixonada por ele, sério.

Mas está tudo diferente agora. Eu tenho um amigo, não vou citar nome, que era realmente meu amigo. Eu chegava, abraçava ele e ficava lá, e ele me ajudava, tinha ciúmes de mim que nem um irmão super protetor. Eu sempre gostei disso, me sentia segura, sentia que nada podia me abalar, nem mesmo quando Dani vinha falar sobre a namorada dele pra mim. Tá, aquilo me fazia tremer na base e quase cair, mas depois que o Dani ia embora, o amigo em questão chegava e me abraçava, como se soubesse que eu estava precisando daquilo.

Então, no encontro, tudo começou a mudar. Ele começou a vir me abraçar com mais freqüência e chegamos ao cumulo de fingir que andávamos de patins, mesmo não tendo patins, levando todo mundo a loucura e fazendo com que todo mundo achasse que éramos loucos. Era bem legal, ele era meu melhor amigo naquele grupo. Hoje, na festa junina, tudo mudou, de novo. A gente ficou abraçado um bom tempo, e quando ele queria ir em algum lugar, me chamava, segurava a minha mão, entrelaçava os dedos e lá íamos nós para onde ele queria ir, ou vice-versa.

Enquanto eu e a Karina vendíamos correio elegante, dois idiotas vieram dar indiretas para gente. Comentei isso por cima com ele. Vi que o sangue dele subiu e ele ficou com raiva. Ele começou a falar que ia lá bater naqueles idiotas. E eu segurava o braço dele, olhava nos olhos e dizia não, que era pra ele se controlar, que eu estava bem. Ele passou a festa junina inteira falando daqueles brutamontes. Estávamos conversando num grupinho, eu cheguei, ele me abraçou e enlaçou nossas mãos. Sorriu e disse:

-Eu não ligo que a fulana (não revelarei nomes) não tenha aceitado meus correios elegantes, eu já tenho a minha mulher. – Ele olhou pra mim e sorriu. Eu sorri de volta. Se eu não tivesse com as bochechas já vermelhas por causa da maquiagem de caipira, certamente isso me deixaria muito envergonhada e ele notaria. O tio dele havia chegado e ele precisava ir embora, pediu para que eu fosse com ele até lá fora, e nós estávamos de mãos dadas ainda, ele virou pra mim e perguntou se eu ia no acampamento de festa junina que teremos semana que vem. Assenti, sorrindo. Então, fui com ele até perto do carro do tio dele.

-Tchau. – Sorri.

-Tchau. – Ele me deu um beijo estalado na bochecha e eu fiquei com cara de apaixonada.

Fui lembrar que o Dani existia quando cheguei em casa e minha amiga perguntou se eu estava bem pelo Dani não ter ido na festa junina. Demorei pra processar quem era, e logo que eu notei, o coração pulou no peito.

Eu estou indecisa. Maldita adolescência que confunde meus sentimentos. Malditos meninos que sabem me conquistar. Maldito coração.

 

PS: EU SEI QUE DEMOREI MAIS DE UM MÊS PARA POSTAR, mas é que eu abria o blog, ficava olhando pra pagina de postagem e desistia. Enfim. ta ai.



- Postado por: Danny às 00h28
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Haters são a pior cosa que existe no mundo. Eu mesma já fui hater da Miley, criei anti-miley no orkut, era bem tenso. Mas dai eu vi que isso não leva a nada. Só que as pessoas ainda insistem em bater na mesma tecla. Isso começa a me deprimir. Eu vejo as pessoas xingando os meus ídolos, e isso vai apertando o meu coração. Porque é fácil você falar pelas costas, difícil é você chegar na cara e falar. Quando eu deito a cabeça no meu travesseiro, tudo o que eu fiz no dia vai sendo repassado no meu cérebro, e tudo o que eu senti. Se eu senti amor, eu vou suspirar, se eu senti raiva, eu vou ficar com raiva, mas agora, tudo o que eu ando sentindo é tristeza. Tristeza porque todo dia vem alguém falar mal da Selena pra mim, tristeza porque todo dia alguém vem xingar Jonas, Cine, Restart pra mim. Tristeza porque eu não vejo mais respeito entre as pessoas. Cara, aprendam a respeitar as pessoas, as coisas, os sentimentos. Você não sabe o quanto é horrível ver alguém xingando a Selena de vaca, de sem talento, sendo que eu SEI QUE ELA NÃO É NADA DISSO. Ela não é, admitam. Se ela fosse sem talento, ela não seria chamada pra fazer Monte Carlo e nem ser cogitada pra fazer Seven Rays, se ela fosse sem talento, a Disney NUNCA teria aceitado ela, se ela fosse sem talento, ela NUNCA ganharia um Emmy com Feiticeiros de Waverly Place, SE ELA FOSSE SEM TALENTO NÃO TERIA CHEGO ONDE CHEGOU. Jonas Brothers não são gays, se fossem gays, um não estaria casado, um não estaria pegando a Demi e o outro não trocaria de namorada como troca de roupa. Se eles fossem sem talento, nunca seriam comparados aos Beatles, se eles fossem sem talento, nunca teriam batido tantos records como bateram. Os CDs não seriam multi-platina e os videos deles não teriam tantas exibições. Eles são meus maiores ídolos. Eu não gosto de ver eles sendo xingados, não gosto mesmo.

As pessoas acham legal xingar as pessoas pela internet. NÃO É, GENTE. Não é legal, não é divertido. As pessoas sofrem, e as pessoas que amam quem está sofrendo, sofre junto. Vocês não tem ideia de quantas lágrimas eu já chorei de sentir em mim esses xingamentos. É como se eu fosse a Selena, como se fosse eu que estava lendo aquilo. São facas em seu peito e você não sabe como resolver o seu problema, DÓI DEMAIS. Isso não deixa de ser bullying. Hoje mesmo começaram a chamar a Selena de flopada na comunidade dos Jonas, PLEASE, GET A LIFE! Se informem antes de vir falar de Selena pra mim. Sério, irritou já. Fiquem com a sua diva intocável Miley, enquanto eu fico com a minha diva que todo mundo pode falar mal. Éé, pessoas super respeitam umas as outras né?

PS: Desculpa pelo tempo sem postar, estava sem inspiração rs.



- Postado por: Danny às 13h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________